Sistema Muscular – Capacidade Realizadora I

Sistema Muscular – Capacidade Realizadora I

24/08/2020 0 Por magodm

Sistema Muscular – Capacidade Realizadora I
Dança e Metafísica

 
 
00:00 / 00:08:38
 
1X

Por Robson de Castro

Sistema Muscular – Capacidade Realizadora I

Os músculos esqueléticos estão sujeitos ao controle de sua consciência, produzindo os mais variados movimentos do corpo.

O movimento de seu corpo lhe proporciona as sensações da Vida e reflete o seu impulso de ação – possibilitando sua expressão no mundo. Sua vontade de agir é possível a partir do movimento, que reflete uma agradável certeza de existir e o poder de fazer algo no meio externo.

Os Músculos e a Realização

Os músculos refletem a possibilidade de realizar aquilo que você almeja; é o poder de se mover em busca de seus objetivos; é o potencial de ação no sentido de conquistar aquilo que você idealiza.

É notório que a oportunidade surge para aquele que se move. E é durante a trajetória que seu potencial se desenvolve e se aprimora.

 

Só é Hábil Quem se Move

Inicialmente, ninguém se sente totalmente apto para ser bem-sucedido numa área de atuação. Só é hábil quem se move…

…esperar ter toda a capacidade para depois agir é falta de coragem de se expor perante os outros. Digo que protelar é ter medo do fracasso!

Quem não se sujeitar a cometer erros, perde a chance de acertar: essa medida revela a maior das derrotas, que é não se valer do direito de tentar.

Somente quando se propuser a tentar realizar é que você poderá descobrir os caminhos incertos e aprender com os próprios erros. Isso faz com que você redirecione suas ações, aumentando a oportunidade de sucesso.

Não se sujeitar à possibilidade de cometer algum erro significa se negar a oportunidade de aprender, evitando se tornar gabaritado a ser um vencedor.

 

Os Músculos e os Sentimentos

Metafisicamente, os músculos expressam seus sentimentos em relação à sua atuação na vida. São como um instrumento manifestador de sua vontade, transferindo para o corpo a capacidade de realização. Representam o potencial de transformar a realidade, que só é possível por meio de sua interação com os acontecimentos externos.

Ao agir, você não apenas produz movimento corporal, mas também executa os conteúdos latentes da alma, que afloram no meio em que vive. Suas ações plantam no mundo exterior as suas vontades.

 

O Poder do Gesto

Nem os melhores planos se comparam ao potencial de um gesto. Quando você move as forças musculares, dirigindo-as para um objetivo, ali deposita as mais densas energias que expressam a manifestação de um ser na Vida.

O sentido da Vida seria bem diferente se você não pudesse agir em resposta aos estímulos externos.

Caso não houvesse possibilidade de movimentação corporal, as sensações de vida não se manifestariam com a mesma intensidade, muito menos haveria um elo tão forte com a realidade.

Seus impulsos realizadores são espontâneos e emergem indiscriminadamente em direção a tudo que o rodeia.

Mova-se!

Voltarei a abordar o assunto, pois há mais a falar sobre o sistema muscular – até mais.